Alunos do 5º período de Psicologia manifestam apoio à Luta Antimanicomial no Jardim Público de Rio Claro
Alunos do 5º período de Psicologia manifestam apoio à Luta Antimanicomial no Jardim Público de Rio Claro
Quarta-Feira - 18 de maio de 2011

Para comemorar o dia Nacional da Luta Antimanicomial, os estudantes do terceiro ano de Psicologia da UNIARARAS, em parceria com a Escola de Samba Grasifs Voz do Morro de Rio Claro e o Grupo Medicina do Riso de Americana, farão uma manifestação pacífica no sábado, dia 21/05, às 16h, no Jardim Público da cidade de Rio Claro. "Alegria na loucura: o resgate da experiência trágica" é o tema que rege a manifestação com pretensão de fazer refletir que é possível respeitar as diferenças e conviver de uma forma digna.

Em Dezembro de 1987, na cidade de Bauru, durante o Congresso de Trabalhadores de Saúde Mental, que se destacou o movimento da Luta Antimanicomial, com o tema "Por uma sociedade sem manicômios", inaugurando uma nova trajetória da proposta de Reforma Psiquiátrica no Brasil, instaurando-se assim, o Dia Nacional da Luta Antimanicomial.

Durante anos na história do nosso país, a loucura ocupou uma posição periférica na sociedade, tornando o tema um tabu perante os cidadãos e marcando um intenso período de pré-conceitos. Tendo em consideração esse passado, o movimento da Luta Antimanicomial tem como objetivo conscientizar a população das condições de vida das pessoas em estado de sofrimento mental, devolvendo a estes iguais indivíduos o direito à cidadania, buscando promover um novo olhar social para a loucura e o convívio com qualquer diferença.

A positiva intervenção idealizada pelo curso de Psicologia da UNIARARAS em busca de uma sociedade sem preconceitos, conta com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura e do Ponto de Cultura; com a parceria da Medicina do Riso e a Escola de Samba GRASIFS Voz do Morro. Tudo isso, faz parte de um trabalho acadêmico, que reuni duas disciplinas do curso.

Há de se impor culturalmente a não prática das piadas que levam como prioridade sarcástica as diferenças existentes na sociedade, independente de qual seja. É muito mais fácil entender o óbvio, de que o comum é ser diferente, e partindo deste princípio, nenhum preconceito por desconhecimento será aceito. Só assim a sociedade respeitará um convívio digno entre seus próximos.

Esse e outros debates compartilham do mesmo ideal e por isso, fazem parte do Projeto Vozes da Cidade, organizado pelos próprios alunos do terceiro ano, que há nove anos levantam a bandeira da Luta Antimanicomial e pelo terceiro ano consecutivo buscam combater através de intervenções, a homofobia, e há dois anos, o abuso e exploração sexual infantojuvenil.

* Jardim Público de Rio Claro - Av. 1 entre as Ruas 3 e 4/Centro.

Acompanhe nas Redes Sociais

Com quem você deseja falar?

Fundação Hermínio Ometto

Av. Dr. Maximiliano Baruto, 500

Jd. Universitário | Araras - SP

CEP: 13607-339

(19) 3543-1400

Clima em Araras

Quarta-feira
25°C
17°C
Chuva: 80% (6 mm)

Como Chegar